Aventureiros de Courwood

07 - A sétima aventura

Mordekan surge na vila Druida – veio para a grande feira !!

PCs conversam sobre entrar na cidade de Courwood com suas armas e equipamentos – a cidade está sobre forte controle militar. Decidem por esconder no carroção de Mordekan.

Entram sem grandes problemas apesar das revistas, vão encontrar Mordekan depois na taverna do Punho Forte. Logo na praça da entrada do portão leste veem a cena de um meio-orc bêbado e briguento mas muito bem armado. Logo descobrem se tratar de Thantror um campeão de Hextor. Kaliban desafia Thantror para para luta, ele aceita mas é convencido que seria melhor realizar isso no dia seguinte, ao meio dia na praça principal. Logo a multidão é despersa.

Vão a casa de Antonius que os ajuda e indica como chegar a Morien. Alethea se recusa a ir com eles para Morien e reforça para não falarem das páginas do livro “porque Morien é muito curioso !”

A casa de Morien é muito grande e imponente, são logo recepcionados por servos. Morien trata-se de um humano de idade ja avançada. Analisa as armas e itens dos PCs mediante o pagamento de parte das moedas antigas que encontraram na floresta. Explica os poderes das adagas do sol e da espada de Marmatuu, quanto a espada de corelon ele recomenda que fale com Ivellius o ancião e conselheiro da rainha dos Elfos em Celene. O machado de Gundar recomenda que procurem por Shooma uma grande armeira anã que mora na cidade.

Seguem em direção da oficina de Shooma na Praça do Mercado, o local esta em meio aos preparativos da grande feira. Logo avistam Mordekan armando seu stand. No meio da feira ouvem a maior gritaria e percebem um vendedor sendo raptado por 3 encapuzados ! Seguem o grupo até um galpão e descobrem que se tratam de ratmans mas não conseguem resgatar o comerciante.

Chegam a Shooma, logo reconhece o machado – foi criação dela ! Ele pertencia a um grupo lendário de anões, os “Martelos de Moradin”, mas a muito tempo o grupo se desfez e nunca mais se ouviu falar deles ou de seus itens. Conta para os PCs sobre os estranhos desaparecimentos e do sumiço do chefe da guarda e a presença de Thantror cada vez mais forte junto a polícia local, inclusive sobre “vista grossa” no Bairro das Sombras aonde o controle de armas parece liberado. Quanto aos homens-rato, sugere de ir a taverda do Caolho para buscar informações.

Na taverna do Caolho conseguem a informação que os homens-ratos levam as pessoas sequestradas para estranhos rituais na antiga torre de caça. Skumb (ladrão local) se oferece – por um preço – a ajudar eles a chegar na torre.

Ja na torre enfrentam flesh golen, ratmen e diseasers. ja quase no topo encontram prisioneiros raquíticos e muito assustados. No último andar está tudo muito escuro e com uma forte presença de força negativa. Percebem Bremer sentado em um trono junto a un shadow Mastif – parece um humano bem pálido e fala frases desconexas “ele vai me deixar forte”, “é só trazer o caos para Courwood”, “espantar a feira” ….

Bremer se mostra como um vampiro e consegue controlar Kaliban mentalmente e o comanda para atacar os seus aliados … após uma longa batalha conseguem subjulgar Bremer e encontar o Darkskull (embaixo do trono) – item que profanava o local com energia negativa e mantinha sempre escuro.

Conseguem coletar algums jóias, anéis, colares e moedas.

Voltam para a taverna do Punho Forte descansar depois de livrar a cidade dos estranhos sequestros.

Comments

cmicchi

I'm sorry, but we no longer support this web browser. Please upgrade your browser or install Chrome or Firefox to enjoy the full functionality of this site.